Anúncio
Feriadão em SP

Feriadão na capital pode se estender para o estado de SP e ter seis dias

A medida é uma extensão, com complementação, da iniciativa aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo

19/05/2020 10h49Atualizado há 3 semanas
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Veja
275
 Rovena Rosa/Agência Brasil São Paulo - Uso de máscaras por passageiros na estação Pinheiros.
Rovena Rosa/Agência Brasil São Paulo - Uso de máscaras por passageiros na estação Pinheiros.

O governo do estado de São Paulo enviou na segunda-feira 18 à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) um projeto de lei que prevê antecipar para a segunda-feira, 25, o feriado do dia 9 de julho, em comemoração à Revolução Constitucionalista. A medida é uma extensão, com complementação, da iniciativa aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo, que aprovou a antecipação na capital dos feriados de Corpus Christi (que seria no dia 11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro) para quarta-feira, 20, e quinta-feira, 21, como forma de estimular o isolamento social e frear o avanço do coronavírus.

A proposta enviada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi aprovada por 37 votos a 14 – um vereador se absteve – e já foi sancionada.  Covas também decretou ponto facultativo na sexta-feira. Na prática, a iniciativa cria um “feriadão” na cidade entre quarta-feira, 20, e domingo, 24. Com o proieto que está na Alesp, o feriadão se estenderia até segunda-feira e passaria a valer para todo o estado.

O texto que está na Assembleia deverá ser analisado em caráter de urgência pelos deputados estaduais. De acordo com o presidente da Casa, Cauê Macris (PSDB), a matéria deve ser votada na sessão da quinta-feira, 21.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.