Anúncio
Lockdown no Piauí

Wellington diz que vai decretar lockdown se aumentar ocupação de UTIs

“Se o número de ocupação de leitos de UTI estiver elevado, o lockdown será uma realidade", declarou o governador.

08/05/2020 08h13
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: GP1
272
Governador Wellington Dias
Governador Wellington Dias

O governador Wellington Dias afirmou nesta quinta-feira (07) que, se a taxa de ocupação de leitos de UTIs continuar aumentando no Piauí por conta do coronavírus (covid-19), será inevitável o decreto de lockdown no estado. A afirmação foi feita em seu perfil no Instagram.

“É extremamente necessário que os piauienses respeitem o isolamento social. Os índices mostram que há cada vez mais pessoas nas ruas. Já explicamos muitas vezes que o isolamento é a nossa melhor arma contra o coronavírus. O número de casos confirmados segue aumentando. Não é o momento de relaxarmos”, argumentou o chefe do executivo estadual.

Wellington Dias destacou que o Piauí ainda tem chances de evitar o colapso, para isso, as pessoas devem ficar em casa, a fim de impedir o aumento nos casos de coronavírus. Só assim, segundo ele, é possível evitar o lockdown.

  • Foto: Reprodução/InstagramPublicação de Wellington DiasPublicação de Wellington Dias

“Se o número de ocupação de leitos de UTI estiver elevado, o lockdown será uma realidade. Temos chances de evitar o colapso. O sucesso vai depender da colaboração de cada um. Respeitem o trabalho dos profissionais da linha de frente. Se puder, fique em casa”, finalizou.

Taxa de ocupação

De acordo com o painel epidemiológico elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), dos 189 leitos de UTIs destinados aos casos de covid-19, 82 estão ocupados, o que representa uma taxa de 43,4%.

Conversa com Firmino

Wellington Dias já havia afirmado ao GP1 que vai dialogar com o prefeito de Teresina, Firmino Filho, para tratarem sobre a necessidade de decretar lockdown na capital. Ele garantiu que qualquer medida adotada terá como base orientações científicas e colegiadas com os órgãos envolvidos no plano de combate ao coronavírus no Estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.