Anúncio
JUSTIFICAR OS FATOS

Por falta de EPIs profissionais deixam postos de saúde do interior sem atendimento

Os postos de saúde daOs postos de saúde da zona rural estão sem atendimento desde segunda (27) zona rural estão sem atendimento desde segunda (27)

Comentando os Fatos

Comentando os FatosA coluna Comentando os Fatos tem como propósito ser um canal de discussão dos principais assuntos comentados pela população de São Raimundo Nonato. Nossa missão é replicar e comentar os fatos que estão acontecendo e sendo comentados pelo povo. POR: ALÍRIO RIBEIRO

29/04/2020 09h16Atualizado há 1 mês
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Alírio Ribeiro
454
UBS Sao Vitor, Zona Rural do Município (Imagem Divulgação: Prefeitura Municipal de SRN)
UBS Sao Vitor, Zona Rural do Município (Imagem Divulgação: Prefeitura Municipal de SRN)

Através de denúncia anônima este portal publicou na data de ontem (27) matéria denunciando o descaso da Secretaria Municipal de Saúde para com seus servidores, que em plena crise pandêmica do Novo Coronavirus na cidade de São Raimundo Nonato que já apresenta 23 casos confirmados, e estimativas de um quadro pandêmico bem superior aos números oficiais apresentados até o momento. Diante de toda essa pandemia, servidores denunciaram que a Secretaria Municipal de Saúde não estava lhes fornecendo os EPIs para os profissionais que trabalham nos postos de saúde do município, principalmente os servidores que atendem na zona rural do município.

Infelizmente, os mesmos servidores que estão sem trabalhar pelos mesmos motivos acima citados, não gostaram da matéria denúncia feita por colegas e alguns passaram a pressionar os próprios colegas de trabalho, e buscar quem seria o responsável ou responsáveis pela denuncia e até ameaçaram de investigar e processá-los  por divulgar o caso na imprensa. Motivo pelo qual a pessoa que havia denunciado anonimamente, por medo de represálias dos próprios colegas e da Secretaria de Saúde, solicitou que fosse retirada a publicação, preocupada com a repercussão, entendi sua posição de desconforto com os colegas e concordei em retirar do ar a matéria. Mas desde então, passei a me sentir no dever de informar a população, principalmente da zona rural os motivos pelos quais eles estão sem atendimento esta semana, e de quem é a responsabilidade. São dos profissionais da saúde, claro que não, é responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde, é sim, também é responsabilidade da Prefeita que em momentos como este, deveria estar mais atenta aos problemas de saúde do município pelo qual é representante oficial.

Isto acontece porque? Porque parte desses servidores da saúde ou morrem de medo de represálias da gestão, ou são coniventes com o que acontece naquela pasta. Infelizmente por causa desses motivos citados, os próprios servidores colocam suas vidas em risco e vidas de outras pessoas, pois trabalhar sem os equipamentos de EPIs adequados não é apenas uma falta de boa apresentação ao público, mas sim uma responsabilidade do profissional para consigo e para com os outros, já que estes estão mais vulneráveis a contrair doenças como exemplo o Covid-19. Responsabilidade esta atribuída diretamente à Secretaria de Saúde do Município, que diante da grave crise pandêmica que o município excepcionalmente atravessa, não providenciou o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos seus profissionais, haja vista, que o município para exigir da população o uso de máscaras e distanciamento social,etc, publicou até Decretos e este mesmo decreto deveria valer para si mesmo.

Entenda o caso

A matéria em questão, foi publicada na tarde desta terça-feira (28) e logo após retirada do site a pedido do denunciante anônimo, e porteriormente constatado in loco, por este Portal de Notícias, que desde segunda-feira (27) os servidores da saúde não estavam realizando atendimentos nos postos de saúde do município, principalmente dos postos da zona rural, nas localidades: São Vitor, Firmeza, Pé do Morro, Novo Horizonte e Novo Zabelê por que exigiam da Secretaria Municipal de Saúde Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para exercerem suas atividades profissionais. Segundo as informações o que motivou as reivindicações foi o aumento de casos confirmados de Covid-19 que em pouco menos de uma semana já contabiliza 23 casos somente no município, e na falta de EPIs estes profissionais estariam colocando suas vidas e a vida dos outros em sérios riscos.

De acordo com as informações apuradas após várias tentativas sem que fossem atendidos os profissionais, eles decidiram por paralisar o atendimento nos postos de saúde das comunidades rurais e que só voltariam a atender após o fornecimento de EPIs adequados às suas atividades.

Diante de todo o impasse o secretário de saúde do Município Jussival Junior, esteve na Secretaria de Saúde, no momento em que um grupo de servidores estavam na Secretaria lhe aguardando, mas as informações que tivemos é que o secretário ignorou a presença dos mesmos ali e não lhe havia dado nem mesmo bom dia, quanto mais tratar com os mesmos sobre o impasse e que estes servidores continuariam tentando ser atendidos pelo secretário de saúde.

Exemplo a ser seguido

O Município de Dom Inocêncio foi destaque em matéria neste Portal de Notícias, pelo seu comprometimento e competência nas ações de combate à disseminação do Novo Coronavirus, protegendo adequadamente seus profissionais e a população em geral. Exemplo que São Raimundo Nonato devia copiar. Haja vista, que São Raimundo Nonato, por ser uma cidade pólo vem recebendo recursos extras semanalmente para o combate ao Covid-19, seja de Emendas Parlamentares, seja recursos do Estado e Federais, conforme dados disponíveis para consulta nos serviços de transparência do Estado e do Governo Federal, só não há transparência como estes valores estão sendo aplicados. Dom Inocêncio sendo uma cidade de pequeno porte, recebe recursos de valores irrisórios comparados a São Raimundo Nonato, mas está fazendo o seu dever de casa direitinho, enquanto São Raimundo Nonato, deveria ser modelo para toda a região.

Veja a seguir alguns extratos de entrada de recursos na Saúde de São Raimundo Nonato

Fonte: https://piauihoje.com/noticias/politica/veja-quanto-cada-municipio-recebera-do-governo-federal-para-combater-o-covid-19-no-piaui-345250.html

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.