Anúncio
Repercussão

Após repercussão da entrevista do Secretário de Saúde ao Notícias da Manhã, hoje o jornalístico volta a comentar o caso

A jornalista constatou junto à SESAPI que os 05 leitos em funcionamento seriam apenas leitos de estabilização e não leitos de UTI como afirmou o secretário.

27/04/2020 11h04Atualizado há 1 mês
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Redação/ Video Notícias da Manhã
675
Imagem do Jornal Notícias da Manhã - TV Cidade Verde
Imagem do Jornal Notícias da Manhã - TV Cidade Verde

A jornalista Nadja Rodrigues, apresentadora do Notícias da Manhã, TV Cidade Verde, volta a falar  sobre a entrevista do Secretário de Saúde do Município de São Raimundo Nonato, Jussival Junior, que durante entrevista na última sexta-feira (24) por telefone havia afirmado que havia 05 leitos de UTI em São Raimundo Nonato e que estaria sendo montados outros 05 leitos no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz. Após repercussão nos veículos de comunicação locais, que não existiam leitos de UTI na cidade, a Jornalista Nadja Rodrigues voltou a falar da repercussão sobre a fala do secretário de Saúde e a jornalista buscou informações junto à Secretaria de Saúde do Estado e esta afirmou que em São Raimundo existem na verdade 05 leitos de estabilização no município, que não chega a ser um leito de UTI, e que o Governo do Estado estaria instalando no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, outros 05 leitos de UTI, em processo de montagem.

A jornalista Nadja Rodrigues ainda comentou que mostrou as imagens das unidades de UTI em fase de montagem ao um médico intensivista e ele havia afirmado que pelas imagens, ainda não chegaria a ser uma UTI, pois faltam alguns itens necessários em uma UTI, mas como está em fase de implantação não se sabe ainda como ficará ao final da implantação.

Veja a seguir fala da Jornalista Nadja Rodrigues sobre o caso:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.