Anúncio
A polêmica Continua

Vereador Rosibal Ribeiro diz não ter motivos para retratação sobre polêmica da última sessão da Câmara

O líder do governo na Câmara, Vereador Rian Marcos exigiu do colega uma retratação pública

10/03/2020 21h09
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Redação Veja SRN
479
Verador Rosibal Ribeiro, lider da Oposição na Câmara
Verador Rosibal Ribeiro, lider da Oposição na Câmara

 

Depois da polêmica levantada na última sessão da Câmara de Vereadores e a repercussão na imprensa e redes sociais, sobre um pedido de comprovação de notas de compras de carne bovina e frangos. O embate entre os vereadores Rian Marcos (líder do governo municipal na Câmara) e Rosibal Ribeiro (líder da oposição) continua. Nesta segunda-feira (9), o vereador Rian Marcos concedeu entrevista ao Jornal da Cultura e afirmou que o vereador Rosibal Ribeiro aponta os fatos, mas não apresenta provas, apenas joga informações falsas pra platéia e deixa o circo pegar fogo. O vereador afirmou ainda que o colega deveria fazer uma retratação sobre as questões apontadas na sessão da Câmara e nas mídias locais e que de maracutaia o colega vereador entende bem.

Vereador Rian Marcos (MDB), Lider do Governo Municipal n Câmara dos Vereadores

Em resposta o vereador Rosibal Ribeiro voltou ao Jornal da Cultura desta terça (10) e disse que não tem motivos para retratação, segundo o mesmo não acusou ninguém, e não tem nada contra a empresa citada, apenas pediu que lhe fosse apresentado a documentação que comprove a regularidade do processo de compra e venda entre a empresa em questão e a Prefeitura Municipal de São Raimundo Nonato. Em seguida o vereador Rosibal respondeu as alfinetadas do colega vereador com outras alfinetadas bem mais fortes. Pediu que o colega justificasse algumas despesas da Gestão Municipal, dentre elas os valores informados de uma iluminação colocada numa praça de uma Igreja da cidade. Rosibal ainda desafiou o colega vereador Rian Marcos a explicar o que seria maracutaia e ainda a falar sobre empregos de familiares do vereador que ganham do município sem prestar os referidos serviços para o qual foi contratado e o número de familiares trabalhando na gestão municipal por indicação.

Pelo andar da carruagem a polêmica ainda está só no começo, não só pelos fatos da última sessão da Câmara Municipal, mas também pelo momento em que estão passando, a Prefeita Carmelita Castro, seu vice, o esposo Dep. Hélio Isaias e três vereadores, inclusive o vereador Rian Marcos, com o risco de serem condenados à perda de seus mandatos na próxima terça-feira (17), após a protelação deste julgamento por duas vezes em um curto período de duas semanas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
GM Arquitetura
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio