Anuncie Aqui
Artilheiro

Gabigol iguala marca de Neymar no Artilheiro do Ano. Veja top 3 de times das Séries A e B em 2019

Camisa 9 do Flamengo fecha a temporada com 43 gols. Bruno Henrique é o segundo, com 35

31/12/2019 12h55
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Globo Esporte
382
Gabigol fez os dois gols do título do Flamengo na Libertadores 2019 — Foto: Reuters
Gabigol fez os dois gols do título do Flamengo na Libertadores 2019 — Foto: Reuters

Gabigol encerrou 2019 como o grande artilheiro do futebol brasileiro, com nada menos que 43 gols com a camisa do Flamengo. Goleador máximo do Campeonato Brasileiro e da Libertadores, ele disparou na ponta do Prêmio Artilheiro do Ano (antigo Friedenreich) e fechou a temporada igualando recorde de Neymar, alcançado em 2012 - o ranking anual existe desde 2008. E quem chegou mais perto foi um companheiro rubro-negro: Bruno Henrique, com 35.

Apenas outros oito jogadores das Séries A e B fizeram 20 ou mais gols na temporada: Gilberto (Bahia), Fred (Cruzeiro), Everton (Grêmio), Guerrero (Internacional), Luciano (Fluminense/Grêmio), Rodrigão (Coritiba), Hernane (Sport) e Guilherme (Sport). Veja abaixo o detalhamento dos três principais de cada clube das Séries A e B.

Vale ressaltar que somente competições oficiais envolvendo clubes brasileiros fazem parte da disputa do Prêmio Artilheiro do Ano: primeira divisão de todos os estaduais do país, Séries de A a D do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Copa Verde, Taça Libertadores da América, Copa Sul-Americana, Recopa Sul-Americana, Copa Suruga e o Mundial de Clubes. Jogos de seleção não entram na contagem.

Todos os Artilheiros do Ano desde 2008:

  • 2008: Keirrison (Coritiba) - 41 gols
  • 2009: Diego Tardelli (Atlético-MG) - 39 gols
  • 2010: Jonas (Grêmio) e Neymar (Santos) - 42 gols
  • 2011: Leandro Damião (Internacional) - 38 gols
  • 2012: Neymar (Santos) - 43 gols
  • 2013: Hernane (Flamengo) - 36 gols
  • 2014: Magno Alves (Ceará) - 37 gols
  • 2015: Ricardo Oliveira (Santos) - 37 gols
  • 2016: Robinho (Atlético-MG) - 25 gols
  • 2017: Henrique Dourado (Fluminense) - 32 gols
  • 2018: Gustavo (Fortaleza) - 30 gols
  • 2019: Gabigol (Flamengo) - 43 gols
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.