Agencia Webmais 2
Agencia Webmais 4
Agencia Webmais 3
Agencia Webmais 01
Lixões clandestinos

Lixões se multiplicam em São Raimundo Nonato

Autoridades municipais se calam e aparentam desconhecer o problema.

11/11/2019 16h14Atualizado há 1 mês
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Portal SRN/André Pessoa
456
Fotos: André Pessoa
Fotos: André Pessoa

É inegável que a limpeza pública na zona urbana do município de São Raimundo Nonato teve uma melhora significativa, em especial, nos últimos dois anos. No entanto, por trás da suposta aparência de normalidade, se esconde uma realidade diferente. Lixões clandestinos sem nenhuma fiscalização e controle se formaram e estão ativos nos principais acessos da cidade e, inacreditavelmente,  nas proximidades da zona comercial, um lixão de aproximadamente 1 quilômetro de comprimento (isso mesmo, quase 1.000 metros), liga o centro ao bairro Santa Luzia, uma verdadeira “Avenida do lixo”.

O problema começa na área central da cidade e se amplia para as periferias e rodovias que cortam o município. O exemplo mais gritante está numa avenida que poderia ser considerada estratégica para diminuir o tráfego de veículos na parede da barragem do Santa Luzia, ligando a área do centro atacadista ao populoso bairro com nome de santa. Ao contrário disso, o lugar se transformou numa espécie de underground de São Raimundo Nonato, termo que também pode qualificar o que é ilegal, o que acontece no subterrâneo, fora da vista.

Lixo de todas as formas, grandes blocos com restos de material de construção, terra, móveis descartados pela população, pedaços de veículos e muita sujeira espalhada pelos dois lados da avenida. Completa o quadro de um verdadeiro caos, esgoto à céu aberto jorrando no meio da avenida e causando um terrível odor. Para finalizar a obra e como moldura, vacas tentando encontrar algum alimento no meio da podridão. Nesse cenário, em especial à noite com o local totalmente escuro, usuários de crack se escondem nos escombros piorando a sensação de insegurança de quem transita pela região.

Durante o dia, no fluxo intenso, principalmente de motos que passavam pelo local, o desabafo dos moradores: “isso é uma vergonha!” Outro gritou: “denuncia mesmo essa imundice”. Um senhor que vinha caminhando tentando não se melar no esgoto preto e fétido que escorre pela rua, disse: “Isso não tem jeito não, todo mundo joga lixo aqui”. Em alguns moradores que usam a avenida diariamente, o olhar de reprovação é evidente.

Para piorar de forma grave um quadro já dramático, a avenida fica localizada em plena área da lagoa da Santa Luzia, parte do complexo de lagoas formadas pelo Rio Piauí e seus afluentes. Ou seja, área que deveria estar sob o controle do poder público impedindo não apenas uma agressão, mais uma série de crimes ambientais em plena zona central da cidade de São Raimundo Nonato. Diante da notícia, o Ministério Público deve investigar o caso.

Procurado pela reportagem, o atual secretário municipal de Meio Ambiente de São Raimundo Nonato, André Landim, preferiu se omitir não respondendo a nenhuma das questões formuladas. Pior. Aparentando desconhecer os fatos narrados, alegou através de mensagem que estava resolvendo outras demandas internas, “mas posso ajudar em algumas respostas, porém preciso de um tempinho. Até pq (sic) preciso de algumas informações da Secretaria de Infraestrutura que é quem faz a gestão dos resíduos do município”, escreveu. Depois desse contato André Landim não retornou mais os contatos.

Antes da tentativa de falar com o secretário de Meio Ambiente, a reportagem já tinha conversado com a assessora de comunicação da Prefeitura de São Raimundo, Larissa Reis, que estava em trânsito, “em viagem”, e indicou o contato do André Landim e da também assessora de comunicação, Marília Lelis. No fechamento dessa reportagem, sem resposta oficial do secretário, tentamos contato com Lelis pedindo um posicionamento, mas infelizmente não tivemos retorno.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Promoção Guia Ta Na Web
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
GM Arquitetura
Últimas notícias
Cursos Online 300x250
Mais lidas
Anúncio
Anúncio