Agencia Webmais 2
Agencia Webmais 4
Agencia Webmais 3
Agencia Webmais 01
Enem 2019

Tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2019

Documentos aceitos, materiais permitidos, o que pode gerar eliminação, que comida levar... Reunimos as informações essenciais para quem vai fazer a prova

02/11/2019 09h50
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Guia do Aluno
375

No dias 3 e 10 de novembro, estudantes de todo o Brasil farão as provas do Enem 2019. Depois de um ano agitado no Ministério da Educação, com mudança da gráfica que imprime o Enem, alterações na gestão do Inep e até a criação de uma comissão verificadora do banco de questões, as provas estão finalmente prontas e a salvo, já a caminho dos 1.727 municípios de aplicação. 

Já deu para perceber que os preparativos estão a todo vapor para receber os milhões de candidatos neste primeiro domingo (3), mas não é só do lado de lá que tudo precisa estar em dia. Por isso, se você estudou incansáveis horas durante 2019, trocou as manhãs de sábado por simulados e aulões e perdeu a conta dos exercícios feitos, não é hora de pôr tudo a perder levando o documento errado ou esquecendo de levar a garrafa de água. 

Por isso, reunimos aqui as informações essenciais de tudo que você precisa saber sobre a prova, da cor da caneta até o que pode gerar eliminação. Confira:

Local de prova

Os locais de prova de cada candidato estão disponíveis no cartão de confirmação, liberado pelo Inep no último dia 16. Para acessá-lo, basta entrar no site do Enem e fazer login na página do candidato. O Inep aconselha que os candidatos façam o trajeto até o local alguns dias antes para calcular o tempo que gastarão no dia da prova, evitando atrasos. 

Cartão de confirmação

Além do local de prova, o cartão de confirmação contém informações sobre horários de abertura e fechamento dos portões, materiais permitidos e dados pessoais dos candidatos. Sua impressão não é obrigatória, mas aconselhável. 

Quais documentos levar no dia da prova

Basicamente, documentos oficiais e com foto. Nada de carteirinhas de estudante, certidão de nascimento, título de eleitor ou crachás de empresa. Carteira de habilitação só emitida depois de 1997. Teve os documentos roubados? Fique tranquilo: basta apresentar o boletim de ocorrência. Confira a lista completa de documentos aceitos ou não no dia da prova. 

Declaração de comparecimento

Se você precisa comprovar que fez o Enem nos dois domingos de prova, precisa providenciar sua declaração de comparecimento. A do primeiro dia de prova (3) já está disponível na página do candidato, no site do Inep, e é responsabilidade do inscrito levá-la impressa no domingo. A declaração do segundo dia de prova será disponibilizada durante a próxima semana pelo Inep. Entenda melhor. 

Horários de abertura e fechamento dos portões

Com a extinção do horário de verão, os horários de abertura e fechamento dos portões mudaram um pouco este ano. Eles também mudam de uma região para outra, já que o horário oficial é o de Brasília. 

Portanto, para quem mora no Acre e em 13 municípios do Amazonas (Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Lábrea, Pauini, São Paulo de Olivença e Tabatinga) os portões abrem às 10h e fecham às 11h. 

Em Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no restante do Amazonas, os portões abrem às 11h e fecham às 12h. No restante do Brasil, abertura às 12h e fechamento às 13h.

Confira outras informações aqui

Que horas começam e terminam as provas

As provas começam sempre 30 minutos depois do fechamento dos portões. Ou seja, se no seu estado o portão fecha às 13h, a prova terá início às 13h30. No primeiro domingo, dia 3, a duração da prova é maior por conta da redação, e os candidatos podem ficar na sala até as 19h. No segundo domingo, as provas vão das 13h30 (horário de Brasília) às 18h. 

Relógios são permitidos para controlar o tempo de prova?

Não, nem mesmo o relógio analógico. Se o candidato levá-lo no dia da prova, ele deverá ser guardado junto com outros materiais não permitidos dentro do saco plástico que será lacrado. O candidato poderá consultar o tempo restante da prova pelas informações fornecidas periodicamente pelos aplicadores da prova. 

Materiais permitidos ou não na prova

Para fazer a prova, você precisa de um único material: caneta de tinta preta fabricada em material transparente (para evitar colas). Todo o restante de materiais escolares que você imaginar, como borracha, lapiseira, régua e calculadora, estão proibidos e o candidato que levá-los para a sala precisará guardar no saco plástico e lacrar. 

Atenção: usar caneta de tinta azul pode anular sua prova! O leitor que corrigirá o gabarito não reconhece com precisão essa cor. Veja mais sobre os materiais proibidos na prova. 

Celular

Desligado e lacrado dentro do saco plástico! Os candidatos precisam ficar atentos a alarmes ou qualquer outro toque do celular, pois a partir deste ano está explícito no edital que qualquer barulho vindo do celular resultará em eliminação, mesmo que ele esteja dentro do plástico. Tome todas as precauções possíveis!

Comidas e bebidas

Essencialmente, não se esqueça de levar água (em garrafa plástica transparente) e alguns alimentos leves como castanhas, amendoim e frutas. Chocolate também é aconselhado para repor as energias. Os alimentos industrializados devem estar lacrados nas embalagens. Confira neste texto outros alimentos mais ou menos indicados para o dia da prova. 

O que vestir

O importante, em primeiro lugar, é saber o que não vestir: nada de bonés, óculos de sol e itens que cubram o cabelo e orelhas: eles podem te eliminar da prova! Artigos religiosos como burca são permitidos, mas serão vistoriados. De resto, sinta-se livre: bermudas, regatas e até chinelos são permitidos. Fique atento à previsão do tempo e ao clima da sua região para não passar frio nem calor. Confira mais dicas aqui.

O que pode zerar a redação

Além da prova de Ciências Humanas e de Linguagens, os candidatos também fazem no primeiro domingo a prova de redação. A redação vale, sozinha, 1.000 pontos, e por isso é importante ficar atento aos deslizes que podem zerá-la. Não escrever um texto dissertativo argumentativo, escrever menos de sete linhas, discurso ofensivo e letra ilegível são alguns destes erros. Confira aqui os outros. 

Eliminação da prova

 

Pior do que zerar a redação, só ser eliminado do Enem! Para evitar a eliminação, o candidato deve ficar atento a algumas regras estabelecidas pelo MEC. Utilizar dispositivos eletrônicos, usar óculos escuros e boné, iniciar a prova antes do aplicador autorizar, comunicar-se com outras pessoas durante a prova e não permitir a revista dos lanches se solicitada são algumas posturas que podem resultar em eliminação. Confira todas aqui

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.