Agencia Webmais 01
Agencia Webmais 4
Agencia Webmais 2
Agencia Webmais 3
Vazou!

Bolsonaro cochicha para apoiador esquecer PSL e Luciano Bivar; assista

A declaração foi dada na saída do Palácio do Alvorada nesta 3ª feira (8.out.2019) e registrada em 1 vídeo gravado pelo canal do Youtube “Cafezinho com Pimenta”.

08/10/2019 14h49
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Poder360
331
© Divulgação/PSL – 2018 Bolsonaro com Luciano Biver, em 2018: presidente do PSL está 'queimado'
© Divulgação/PSL – 2018 Bolsonaro com Luciano Biver, em 2018: presidente do PSL está 'queimado'

O presidente Jair Bolsonaro pediu para que um apoiador esquecesse o PSL, partido ao qual ele é filiado. A declaração foi dada na saída do Palácio do Alvorada nesta 3ª feira (8.out.2019) e registrada em um vídeo gravado pelo canal do Youtube “Cafezinho com Pimenta”.

Eis o diálogo:

  • Apoiadoreu sou de Recife, pré-candidato do PSL.
  • Bolsonaro (cochichando ao ouvido)esquece o PSL.
  • Apoiador (gravando vídeo):Eu, Bolsonaro e [Luciano] Bivar, juntos por 1 novo Recife!
  • BolsonaroCara… não divulga isso, não, cara. O cara [Bivar] está queimado para caramba lá. Vai queimar o meu filme também, entendeu? Esquece esse cara, esquece o partido.

O homem, então, indica que apagou o vídeo, mostrando o celular para Bolsonaro. Depois, grava outro sem citar o presidente da sigla: “Viva o Recife, eu e Bolsonaro!”.

Assista ao momento em vídeo:

Bivar é investigado Procuradoria Regional Eleitoral de Pernambuco por suspeitas de caixa 2 na campanha a deputado federal. Já o PSL está envolvido em outra investigação da PF (Polícia Federal) por candidaturas-laranjas em Minas Gerais.

‘IMPRENSA FÉTIDA’

O presidente foi questionado a respeito de uma ação de improbidade administrativa assinada por 17 procuradores da República do Pará que aponta tortura em presídios do Estado que passaram a ser controlados por uma força-tarefa federal, autorizada pelo Ministério da Justiça. O caso foi noticiado pelo jornal O Globo nesta 3ª feira.

“Só perguntam besteira, só falam besteira!”, disse o presidente. Na porta do carro oficial, completou: “Deixa eu orar aqui agora. Meu Deus –não sou pastor, não. Meu Deus, salve, lave a cabeça dessa imprensa fétida que nós temos. Lave a cabeça deles. Bote coisa boa dentro da cabeça deles”.

PSL: LÍDER NOS RECURSOS PÚBLICOS EM 2020

Sigla de Jair Bolsonaro e boa parte dos seus aliados, o PSL terá R$ 359 milhões em 2020, juntando os fundos Partidário e Eleitoral. O PT, terá R$ 350 milhões. O MDB, R$ 246 milhões. O cálculo leva em conta as bancadas atuais e o Fundo Eleitoral com R$ 2,5 bilhões estabelecido na proposta de Orçamento a ser analisada pelo Congresso. Em 2018, o montante foi de R$ 1,7 bilhão.

Se o presidente deixar o partido, ele corre o risco de definhar – como no caso do PRN, que foi o partido de Fernando Collor (eleito presidente em 1989), mas depois se liquefez. A migração de congressistas leva mais recursos para a sigla de destino. Deputados podem mudar se expulsos ou se houver fusão de legendas e eles não gostarem. Senadores são livres para mudar.

Eis a previsão atual da distribuição de recursos para 2020.

© Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.