Agencia Webmais 4
Agencia Webmais 3
Agencia Webmais 01
Agencia Webmais 2
A Federal no Karnak

Polícia Federal faz buscas no Palácio de Karnak

As buscas no Karnak é um desdobramento na busca de provas da Operação Topic

25/09/2019 06h55
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Política Dinâmica
470
Agentes estão dentro do Palácio de Karnak (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)
Agentes estão dentro do Palácio de Karnak (Foto: Jailson Soares/PoliticaDinamica.com)

Ainda não há informações oficiais sobre as buscas da Polícia Federal dentro do Palácio de Karnak, sede do Governo do Estado do Piauí. Vestidos de terno — talvez para não chamar tanto a atenção —, policiais federais apresentaram mandados de busca e apreensão aos policiais militares que fazem parte da guarda do governador.

A ação é desdobramento da operação Topique, que investiga desvios de recursos e corrupção no transporte escolar.

Veja o vídeo!

Extraoficialmente, uma fonte que trabalha dentro do Karnak afirmou que não haveria mandados para o gabinete de Wellington Dias (PT) — esta informação ainda precisa de confirmação. 

Membros da Controladoria Geral da União (CGU) também participam da operação.

O nome que se destaca nos papéis apresentados pela PF seria o do tenente-coronel Ronald Moura. Juntamente com o advogado Helder Jacobina, Ronald Moura é apontado em relatórios da Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas da União e Tribunal de Contas do Estado do Piauí como sendo um dos responsáveis por insistir na modalidade de pregão presencial para a escolha de empresas que prestaram serviço de transporte escolar ao Governo do Estado do Piauí.

Isso aconteceu durante a gestão da deputada federal e primeira-dama do Estado Rejane Dias na SEDUC.

Esse tipo de licitação teria sido, segundo apontam as investigações, fundamental para direcionar a vitória das concorrências para as empresas do esquema.

Este caso é bem explicado numa matéria publicada pelo Política Dinâmica em 31 de janeiro de 2019.Confira CLICANDO AQUI !

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.