LD Churrasqueira
Anuncie Aqui
MP/PI

Ministério Público ajuíza ação contra o Estado do Piauí para exigir melhorias no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz

Ouça a entrevista da Dra Gabriela ao Jornal da Cultura

09/07/2019 14h42Atualizado há 1 semana
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Redação/Audio Jornal da Cultura
432
Dra Gabriela Almeida, promotora de Justiça
Dra Gabriela Almeida, promotora de Justiça

 

Em entrevista ao Jornal da Cultura desta terça-feira (09/07) a Dra Gabriela Almeida de Santana da 3ª Promotoria de Justiça de São Raimundo Nonato falou de uma Ação Civil Pública ajuizada contra o Estado do Piauí para que sejam sanadas diversas irregularidades no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz (HRSCF). De acordo com a Promotora de Justiça o governo do Estado assinou acordos de ajustes e que não estão sendo cumpridos.

De acordo com as afirmações da Dra Gabriela após fazer uma visita in loco ao hospital foi constatado que as irregularidades apontadas através de relatórios ainda continuam.

Confira seguir algumas dessas irregularidades apontadas:

  • ·         Ausência de alguns profissionais;
  • ·         Ausência de UTI no Hospital;
  • ·         Enfermarias com infiltrações, mofo e salas sem ventilação;
  • ·         Ausência de antibióticos;
  • ·         Ausência de pagamento de insalubridade aos servidores;
  • ·         Ausência de ambulância equipada para transferência de pacientes;
  • ·         Problemas na estrutura física do prédio;
  • ·         Ausência de alguns profissionais que deveriam estar atendendo;
  • ·         Sala com aparelho de tomografia inoperante por falta de profissionais;

Estes são alguns dos problemas encontrados no HRSCF, e o Ministério Público está cobrando nesta ação que sejam sanadas estas demandas acordadas com o Ministério Público.

A população vem cobrando as ações do Governo do Estado para o Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, que mesmo estando nesta situação caótica relatada pela Dra Gabriela, nos últimos anos foram destinados alguns milhões de reais para a realização da ampliação e reforma do Hospital e que até então, não aconteceu. Foram construídos anexos um desses destinados para uma sala de parto que até hoje nunca funcionou.

Ouça a entrevista da Dra Gabriela ao Jornal da Cultura:

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários