Agencia Webmais 4
Agencia Webmais 3
Agencia Webmais 01
Agencia Webmais 2
Reclamção

Moradora reclama da falta de água e cobra investigação sobre os R$ 15 milhões da adutora de engate rápido

obrou atuação dos vereadores do Município de São Raimundo Nonato e do Ministério Público Federal.

19/06/2019 18h19
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Portal SRN
366
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

A senhora Bethania Barros dos Santos, moradora do bairro Milonga, município de São Raimundo Nonato/PI, entrou em contato com o radialista Gercílio Magalhães, da Rádio Cultura FM, para relatar sobre a falta de água em seu bairro e cobrar das autoridades investigação sobre a obra da adutora de engate rápido, prometida por políticos que abasteceria milhares de pessoas na região. Obra que custou cerca de R$ 15 milhões.


Segundo a moradora, existem bairros em São Raimundo Nonato que a população fica oito dias, dez dias e até quinze dias sem o fornecimento da água, sendo obrigada a comprar água em galões e ainda pagar a conta mensal da Agespisa.

"Os vereadores estão lá na Câmara não sei nem por quê", disse a moradora.

Sobre a adutora de engate rápido, a moradora questiona o valor de R$ 15 milhões aplicados na obra, anunciada por políticos que abasteceria divinamente o município de São Raimundo Nonato e demais municípios da região, e hoje não funciona. Na fala, ainda pede fiscalização.

Na cobrança, a moradora solicita aos vereadores do município que tentem resolver o problema da falta de água na cidade. "Aqui tá um inferno", disse a senhora Bethania
 


 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.