Terça, 07 de Dezembro de 2021
Dólar
R$ 5,69
Euro
R$ 6,42
Peso Arg.
R$ 0,06
Piauí aumento de casos

Com UTIs lotadas, Secretaria de Saúde avalia reabertura de leitos covid no Piauí

"Houve desmobilização de leitos de UTI, a exemplo de São Raimundo Nonato que chegou a ter 25 leitos de UTI e hoje não tem mais nenhum.

17/11/2021 às 05h43 Atualizada em 17/11/2021 às 05h53
Por: Alírio Ribeiro Fonte: cidadeverde.com
Compartilhe:
Com UTIs lotadas, Secretaria de Saúde avalia reabertura de leitos covid no Piauí

O Piauí registra ocupação de 100% de leitos covid em algumas cidades e também na capital. Diante da situação, a Secretaria de Estado da Saúde avalia a reabertura de vagas para o tratamento de pacientes com a Covid-19. Em Teresina, por exemplo, dos 100 leitos adultos para tratamento da doença, só restam 40, divididos no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela (20), Hospital Universitário (10) e Monte Castelo (10), esse último com ocupação completa nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

"A gente está acompanhando todos os números, o secretário é sensível à essa taxa de ocupação, o  Comitê de Operações Emergências (COE) está vigilante para, caso ocorra fila de espera no complexo regulador por leitos de UTI, a gente tem por obrigação de abrir os leitos de UTI para atender esses pacientes covid", destaca o superintendente de Alta e Média Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares. 

No interior do estado, cidades como Floriano e Oeiras também atingiram 100% de ocupação nas UTIs. Alderico Tavares pontua que a alta taxa também é reflexo do fechamento de leitos que foram readequados para o tratamento de outras doenças. 

"Houve desmobilização de leitos de UTI, a exemplo de São Raimundo Nonato que chegou a ter 25 leitos de UTI e hoje não tem mais nenhum. Floriano chegou a ter 25 e hoje tem 10. Automaticamente, isso reflete na ocupação [...] estamos vigilantes para tão logo haja procura de leitos de UTI ou de leitos clínicos, a gente reabra automaticamente em determinadas regiões", reforça Tavares. 

O superintendente de Alta e Média Complexidade da Sesapi faz um apelo para que a população obedeça os protocolos sanitários e não deixem de tomar a segunda dose. 

"Os protocolos de vigilância sanitária não mudaram: vacina, uso de máscara, álcool em gem, evitar aglomerações. Isso não muda. Se a população não obedece, reflete nos números. Houve demanda reprimida de outras patologias e a gente precisava dar assistência, principalmente as cirurgias na fila de espera", reforça Alderico Tavares. 

Em dados gerais, o Piauí tem 69% dos leitos clínicos ocupados. Já as UTIs estão 45,6% lotadas.  Até o momento, 73,77% da população foi vacinada com a primeira dose no estado. 54,24% já completou a imunização. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.