Prata da Casa
Falta intensivista

Falta de intensivistas aumenta taxa de mortalidade por Covid-19 no Piauí, alerta entidade

A Sociedade de Terapia Intensiva do Piauí (Sotipi) informou que não há mais profissionais e que não há a possibilidade de formar intensivistas em caráter emergencial.

24/03/2021 07h09
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: G1/PI
455
Faltam médicos intensivistas no estado, alerta entidade — Foto: AI HRPP
Faltam médicos intensivistas no estado, alerta entidade — Foto: AI HRPP

A Sociedade de Terapia Intensiva do Piauí (Sotipi) enviou uma carta ao secretário estadual de saúde, Florentino Neto, alertando sobre a falta de intensivistas. Segundo a entidade, a escassez destes profissionais gera aumento na taxa de mortalidade por Covid-19.

Nesta segunda-feira (22), há 215 pessoas na fila de espera por leitos no estado. Na semana passada, a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) anunciou a abertura de novas vagas no Hospital Getúlio Vargas (HGV) e no Hospital Cândido Ferraz, em São Raimundo Nonato.

Mesmo assim, a abertura de novos leitos não irá reduzir as mortes pela doença causada pelo novo coronavírus. Conforme o documento enviado pela sociedade, quando são tomados os cuidados necessários nos leitos emergenciais e a equipe é especializada, a taxa de mortalidade varia entre 20 a 40%. Caso contrário, a taxa pode chegar a 80%.

“É de extrema importância esclarecer que mesmo com o acréscimo de leitos, equipamentos e insumos, sem que se tenha equipes capacitadas para o atendimento destes pacientes, não será capaz de diminuir a mortalidade", comunicou a entidade.

"Infelizmente, não temos mais profissionais e não temos como formar intensivistas de forma emergencial. Também não podemos esperar a vacinação eficaz em pouco tempo”, completou a Sotipi.

Por isso, a categoria pediu que sejam adotadas medidas emergenciais para conter o agravamento da pandemia no Piauí.

“Precisamos que a população tenha consciência, responsabilidade e que os gestores públicos tenham a coragem necessária para as ações emergenciais essenciais para o controle da crise sanitária instalada em nosso estado”, informaram os intensivistas, por meio da carta.

Secretário de Saúde fala sobre fila de espera por leitos

 

Medidas restritivas no estado

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), assinou um novo decreto que prorroga as medidas restritivas para conter o avanço da contaminação do coronavírus. As determinações entraram em vigor nesta segunda-feira (22) e vão até às 5h da segunda-feira seguinte (29).

O comércio poderá funcionar até as 17h e os shoppings centers no horário de 12h a 20h, de segunda a quinta-feira (25). Bares, restaurantes, trailers, lanchonetes, barracas de praia e estabelecimentos similares, bem como lojas de conveniência e depósitos de bebidas, só poderão funcionar até as 20h, ficando proibida a realização de festas, eventos, confraternizações, dança ou qualquer atividade que gere aglomeração em estabelecimentos ou no entorno.

De segunda-feira (22) até as 5h da segunda-feira seguinte (29), está proibida, a partir das 21h, a circulação de pessoas em espaços e vias públicas, ou em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, ressalvados os deslocamentos de extrema necessidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 08h48
26°
Muitas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
28°

Sensação

14.1 km/h

Vento

80%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio