Anúncio
Despedício

Desperdício puro: Uma pista de pouso construída no meio do nada e para nada

Veja como nosso dinheiro já era mau aplicado há duas décadas atrás, nos governos de Mão Santa e FHC.

01/12/2020 14h20Atualizado há 2 meses
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Comentando Os Fatos /Alírio Ribeiro
553
Pista de pouso do Açude Petrônio Portela
Pista de pouso do Açude Petrônio Portela

 

Recentemente visitando um amigo que mora na comunidade Onça II, onde fica a Represa da Barragem Petrônio Portela (popularmente conhecida como a barragem da Onça), ele me convidou a conhecer uma “pista de pouso para aviões”, construída exclusivamente para suprir as necessidades do dono da Construtora Lourival Parente Ltda., e do governador do estado do Piauí na época da construção da barragem, Francisco de Assis de Morais Sousa (Mão Santa), e alguns ministros do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O Açude Petrônio Portela foi inaugurado em 28 de dezembro de 1997 nos Governos de Fernando Henrique Cardoso (Presidente da República), Mão Santa (Governador do Estado do Piauí) e Padre Herculano de Negreiros (Prefeito de São Raimundo Nonato).

Imaginem quanto o Governo Federal não gastou para construir aquela pista de pouso com mais de um quilômetro de comprimento, toda coberta de piçarra selecionada e muito bem compactada, prova disto,  a pista continua  intacta, sem sofrer nenhuma erosão durante estas duas décadas de abandono.

Hoje, depois de 23 anos sem contar com mais nenhum pouso de um avião, a pista ainda se encontra lá perfeita para pouso.  Quantas cidades no nosso país sonham em ter ao menos uma pista de pouso como aquela e que foi construída apenas para o bel prazer do dono da Construtora Lourival Parente  e do Governador do Estado e provavelmente alguns ministros do presidente Fernando Henrique Cardoso. Exemplo nítido de desperdício de dinheiro público.

Pista de pouso da Barragem Petrônio Portela, construída a mais de 23 anos

Pista de pouso da Barragem Petrônio Portela, construída a mais de 23 anos

Em São Raimundo Nonato, parece que já estamos ficando acostumados a ver obras faraônicas sem servir para quase nada. Atualmente temos em nossa cidade um aeroporto com uma estrutura física de primeiro mundo, mas que após cinco anos de inaugurado (27 de outubro de 2015), nunca foi equipado e até então,  só é usado a sua pista de pouso para receber aeronaves de políticos (deputados, senadores, governador, ministros e presidente), recentemente recebeu a visita do Presidente Jair Bolsonaro.

Projeto Arquitetônico do Aeroporto Serra da Capivara (no projeto deveria ser Internacional)

Imagem externa do Terminal de embarque e desembarque do Aeroporto Serra da Capivara

Imagem interna do Terminal de embarque e desembarque do Aeroporto Serra da Capivara

Até quando nossos governantes vão tomar vergonha na cara e aprender a aplicar bem o nosso dinheiro? Dinheiro este,  recolhido dos altíssimos impostos cobrados, que são  desperdiçados com coisas supérfluas  e desviados por políticos corruptos.  Até quando vamos ver isso acontecer passivamente sem tomar nenhuma providência? Entra governo, sai governo e a situação não muda, mudam apenas os modos operandi dos sanguessugas do dinheiro público. Ainda tem gente que acredita que a malandragem política teve início e fim no governo do Lula. Já eu acredito que não começou com o Lula e nem terminou com ele. A malandragem política é bastante velha e ainda continua muito ativa no governo Bolsonaro.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 14h49
33°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
31°

Sensação

21.2 km/h

Vento

24.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
Anúncio
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio