Anúncio
Alianças

'O problema não é a aliança, mas com quem se faz', diz Moro sobre o governo

Para ele, a única preocupação é com um eventual processo de impeachment.

11/06/2020 14h08
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: Correio Braziliense
369
Ex-ministro Sérgio Moro
Ex-ministro Sérgio Moro

Em entrevista à Rádio Gaúcha, na manhã desta quinta-feira (11), o ex-ministro Sergio Moro definiu como 'contraditória' a aproximação do presidente Jair Bolsonaro com partidos do Centrão. Para ele, a única preocupação é com um eventual processo de impeachment. 

"O problema não é só aliança, mas com quem se faz, porque se faz", disse Moro. 

O ex-juiz comentou se sentir desconfortável com a situação. "Dentro desses partidos têm políticos com histórico de condenações. Acho que um dos problemas que tivemos na democracia foi a necessidade de aprovar pautas e, por vezes, se fez alianças com pessoas que não se destacavam pela ética", pontuou. 

Quanto aos motivos que o levaram a integrar a equipe do presidente, abandonando 22 anos na magistratura, o ex-ministro disse ter vista a "oportunidade" de "avançar nesta agenda e impedir o retrocesso". 

Moro deixou o governo Bolsonaro em 24 de abril. No discurso de demissão, acusou o presidente de tentar interferir politicamente em ações da Polícia Federal.  

"Eu não saí do governo para construir uma oposição. Eu saí, declinei meus motivos e o objetivo nem foi prejudicar o governo. Até fiquei surpreendido com a abertura do inquérito (no STF). O objetivo era proteger as pessoas, a Polícia Federal", afirmou. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 14h55
32°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 22°
31°

Sensação

25.9 km/h

Vento

33.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
GM Arquitetura
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio