Anúncio
Paulistana

Prefeitura no Piauí baixa decreto e determina o retorno das atividades a partir de hoje (1º)

O decreto prevê ainda a reabertura de academias a partir do dia 8 de junho.

01/06/2020 18h51Atualizado há 1 mês
Por: Alírio Ribeiro
Fonte: cidadeverde.com
436
Paulistana-PI / Foto: Reprodução Google Street View
Paulistana-PI / Foto: Reprodução Google Street View

A prefeitura municipal de Paulistana, a 468 Km ao Sul de Teresina, decretou a retomada de atividades econômicas nesta segunda-feira (1). Salões de beleza, lojas de confecção e calçados e móveis estão entre as autorizadas a retomar. O decreto prevê ainda a reabertura de academias a partir do dia 8 de junho. 

Na retomada, a prefeitura considera que o município de Paulista "não possui nenhum caso de coronavírus, visto que os 08 (oito) casos que constavam nos boletins municipais figuram como curados". O poder público municipal também ressalta a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu aos Estados e Municípios a definição das atividades essenciais.

As atividades econômicas que estavam impedidas de funcionar e agora poderão retomar suas atividades a partir desta segunda-feira (1) são:

Foto: Reprodução Decreto Municipal

Os atendimentos em salão de beleza e clínicas de estética deverão ser realizados obrigatoriamente por hora marcada e de forma individualizada, através de agendamento prévio por telefone, e-mail ou outro meio à distância. Paulistana possui cerca de 20 mil habitantes. (Clique aqui e acesse o decreto municipal)

O prefeito Gilberto José de Melo (PSD) falou ao Cidadeverde.com que a vontade da gestão era de ter antecipado o retorno mas que atendeu ao decreto estadual. 

“Desde o início que eu nunca concordei com o fechamento desse comércio em uma cidade como Paulistana. Sempre eu questionei com o presidente da APPM. Cada município tem uma realidade mas o governador do Piauí fez o decreto e puxou toda a responsabilidade para ele. Eu vinha querendo reabrir, mas vinha seguindo o decreto do governador”, disse o prefeito.

Também fica autorizado na cidade o retorno da marcação de consultas e exames relacionados às gestantes. 

O decreto prevê que os locais deverão disponibilizar álcool em gel 70%, uso obrigatório de máscaras pelos clientes e funcionários que atendem o público.  A lotação máxima permitida é de 50% da capacidade normal, observando o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre uma pessoa e outra. 

A medida também determina que máquinas de cartão de crédito e débito devem ser higienizadas após cada uso. Todos os estabelecimentos devem ter publicidade das regras de recomendação em prevenção, com destaque para o distanciamento. 

“Abrimos mas estamos fazendo a divulgação que a pandemia não acabou e que a pessoa só vá fazer a sua compra apenas se estiver necessidade”, disse o prefeito. 

A partir do dia 8 de junho, academias de esporte, bares, clubes, restaurantes e praças de alimentação também poderão reabrir.

Gilberto José assegura que a decisão é tomada com segurança. “Os nove de casos vieram todos de fora. Todos os ônibus clandestinos que chegam na nossa cidade nossa equipe de vigilância sanitária faz a testagem e direciona para o isolamento. Todos os nove foram tratados sem precisar de hospital”, explicou o prefeito que relatou um caso mais grave de Betânia que foi tratado no hospital do município. 

O decreto prorroga a suspensão das aulas presenciais da rede pública e privada. Atividades coletivas ou eventos como shows artísticos e religiosos ou de “qualquer natureza que provoque aglomeração de pessoas” continuam suspensas. 

Valmir Macêdo/cidadeverde.com

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 05h42
22°
Poucas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 22°
22°

Sensação

19.7 km/h

Vento

84.7%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Pré-Moldados Santa Fé
Municípios
GM Arquitetura
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio